IMPERVIAPOXI – MEDIA FLUIDEZ – ADESIVO ESTRUTURAL À BASE DE RESINA EPOXI

IMPERVIAPOXI é um adesivo estrutural de média viscosidade, à base de resina epóxi isenta de solventes, bi-componente e de pega normal.

 

CLIQUE AQUI E BAIXE O CATÁLOGO EM PDF

Utilização

  • Colagem entre concreto novo e concreto velho;
  • Colagem de diversos materiais ao concreto e entre si, tais como, peças de concreto ou argamassa, cerâmicos, metálicos, madeira etc.;
  • Colagem entre elementos pré-moldados;
  • Para ancoragem de barras e parafusos metálicos. Ideal em furos verticais para baixo.
  • Fixação de chumbadores em horizontal.

Vantagens

  • Excelente aderência a superfícies de concreto, argamassa, madeira, pedras, cerâmicas, metais e outros materiais de construção;
  • Fácil de misturar e aplicar;
  • Impermeável;
  • Endurecimento rápido;
  • Excelente confiabilidade do reparo perante os esforços mecânicos e a resistência à corrosão.

Características Técnicas

PROPRIEDADES RESULTADOS
Composição básica Resina epóxi
Densidade 1,65 – 1,75 kg/L (A+B)
Consistência Fluida
Cor Cinza
Tempo de manuseio a 25°C 30-60 min
Cura inicial 24 horas
Cura final 7 dias
Temperatura de aplicação Mín. +10°C / Máx. +30°C
Temperatura de serviço Mín. +10°C / Máx. +60°C
Resistência a compressão 1 dia: 40 Mpa (+23°C)
7 dias: 60 Mpa (+23°C)
Resistência a aderencia 15 Mpa (7 dias)

Instrução de Uso

Preparação da superfície:

O substrato deverá apresentar-se limpo, sem partes soltas ou desagregadas, nata de cimento, óleos, desmoldantes e outros contaminantes. Superfícies lisas de concreto deverão ser apicoadas buscando contribuir para uma maior aderência.

As superfícies metálicas de barras e chapas a serem ancoradas ou coladas deverão ser limpas para eliminar restos de corrosão, pinturas anteriores, eliminar graxas e gorduras. As superfícies recomenda-se a lavagem com escova de aço ou jato d’água de alta pressão, e logo em seguida coladas para evitar o reaparecimento da ferrugem na superfície.

Os furos de ancoragem deverão apresentar superfícies rugosas, devem estar limpos e secos, com pequena inclinação descendente de 1:10, da boca do furo para o interior dele.

Preparação do produto

Homogeneizar os componentes A e B individualmente, de modo a evitar quaisquer sedimentações.

Despejar todo o conteúdo do componente B (endurecedor) no componente A (base). Misturá-los fortemente por 3-5 minutos até a obtenção de uma cor uniforme, de preferência utilizando uma furadeira de baixa rotação (400 – 450 rpm) com hélice acoplada. Deve-se tomar cuidado de raspar bem as paredes e fundo do recipiente para garantir uma mistura homogênea.

Aplicação do produto

Aplicar uma camada de aproximadamente 1-2 mm, com pincel, trincha ou espátula, conforme o serviço a ser executado, observando que toda a área seja completamente recoberta e que o produto esteja penetrando bem nos poros. Não devem ser adicionados solventes ao produto. 

O concreto novo, micro-concreto ou argamassa de reparo deverão ser aplicados antes do tempo máximo de manuseio. O concreto ou argamassa deverá ser aplicado sobre o adesivo epóxi ainda pegajoso. Caso seja constatado o endurecimento do adesivo antes da aplicação do concreto ou argamassa de reparo, uma nova demão do adesivo deverá ser aplicada.

Consumo:

CONSUMO RENDIMENTO
1,7kg/m2/mm de espessura 0,60 m2/mm

(Variação conforme tipo de aplicação e rugosidade do substrato)

Embalagem

Conjunto A+B = 1kg

Estocagem

O produto tem validade de 18 meses, a partir da data de fabricação, desde que armazenado em local seco e ventilado e nas embalagens originais e intactas.

Limpeza das ferramentas

A limpeza das ferramentas e materiais utilizados devem der limpos com solventes antes da cura do produto.

Após o endurecimento, a remoção só é possível de forma mecânica.

Requisitos de segurança

Garantir ventilação suficiente enquanto usar o produto. Manter fora do alcance de crianças. Evitar o contato com a pele e com os olhos. Use óculos de segurança. Em caso de contato com os olhos, enxaguar imediatamente com água e procurar orientação médica. Elimine os resíduos do produto como resíduos não perigosos, segundo a legislação local. Recipientes vazios, limpos, devem ser levados para pontos de coleta de embalagens. Informações de segurança detalhadas estão disponíveis na ficha de segurança (FISPQ).

× Converse no WhatsApp Agora!